Tears and smiles in the same time.

“Se foi amor, ainda é.”
Eu me chamo Antônio. (via s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)

(via s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)

“Dizem que levamos 7 minutos para dormir, e que nos primeiros seis minutos e cinquenta e nove segundos, nossa cabeça automaticamente reproduz cada um dos momentos vivido ao longo do dia. E que no último segundo aparece a pessoa que tenha nos feito a mais feliz naquele dia. Finalmente, o cérebro processa a imagem dessa pessoa e transmite em forma de filme, um filme chamado “sonho”.”
Autor Desconhecido.   (via odeiorotulos)

(Source: gratificar, via odeiorotulos)

“O maior erro de noventa e nove por cento das pessoas é ter vergonha de serem que são, é mentir a esse respeito, fingindo ser alguém diferente. A honestidade era a sua marca, a sua arma, a sua defesa. Quando somos honestos, as pessoas se assustam, ficam chocadas.”
Morte Súbita, J.K. Rowling.    (via s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)

(Source: repouse, via s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)

“Como alguém que eu mal conheço, pôde mudar tanto a minha vida?”
I need you hereBryan.  (via expurgar)

(Source: Expurgar, via expurgar)

“Você tem um olhar de quem estaria disposto a cometer loucuras? Tem que ter.”
— Martha Medeiros (via prosa-poesia)

(via t-a-q-u-i-c-a-r-d-i-a)

“Corações gentis necessitam de conforto.”
October, 1994.   (via florejaste)

(Source: florejaram, via florejaste)

“De que adianta saber falar coisas bonitas, se tem o coração estragado e está podre por dentro?”
Pelos Olhos de Maíse. (via expurgar)

(Source: Expurgar, via expurgar)

“A solidão vestiu a minha alma e em meu peito completamente vazio, abrigo a tempestade de cada mágoa e decepção que me acompanha aos pesares do dia.”
Pelos Olhos de Maíse.   (via expurgar)

(Source: Expurgar, via expurgar)

“As palavras se perdem no tempo, e nós ficamos ali, no vazio de cada sentimento como se o passado e o futuro fossem pesados demais para se carregar. Como se cada lembrança fosse uma faca a perfurar o nosso peito, como se cada ilusão perdida fosse mil lágrimas derramadas pela nossa face. O peso do mundo nos torna vulneráveis, nos faz andar por linhas tortas, escolher caminhos errados e não entender o propósito daquilo tudo. Perceber o que acontece ao seu redor se torna difícil quando estamos presos no nosso próprio sofrimento. Como seguir adiante sem medo do que possa surgir ou dos fantasmas do que já aconteceu? Como seguir adiante quando o caminho se tornou turvo?”
Pelos Olhos de Maíse. (via expurgar)

(Source: Expurgar, via expurgar)